COMO APROVEITAR IMÓVEIS COM AMBIENTES PEQUENOS





Hoje em dia cada, quando o assunto é moradia, a tendência são os imóveis pequenos, especialmente os apartamentos. Essa redução se deve ao fato de que as famílias estão cada vez menores e o valor por metro quadrado cada vez maior.



Já se foi o tempo de casais com muitos filhos. Além disso, muitas pessoas apreciam a vida de solteiro por mais tempo.

Diante de tais circunstâncias, não é surpresa que a procura por  kitnet para alugar seja bastante frequente.

Atualmente, basta dar uma rápida olhada nas imobiliárias ou em algum portal imobiliário para aferir que a tendência mesmo são os ambientes reduzidos.

Imóveis pequenos são a realidade dos grandes centros e capitais

Nos grandes centros urbanos do Brasil, tais como Curitiba, São Paulo, Porto Alegre, Florianópolis, e outras capitais, as moradias com espaços reduzidos já são uma realidade.

Sendo assim, muitas pessoas começam a se perguntar:

  • Como aproveitar imóveis com ambientes pequenos? 

  • É possível obter uma decoração em uma sala com pouco espaço? 

  • É possível otimizar os objetos em kitnets com poucos cômodos?

A resposta para essas perguntas é sim. Com organização e planejamento, é possível morar bem em imóveis que possuem ambientes pequenos.

Por isso, confira algumas dicas para você melhor aproveitar o ambiente.

O uso de móveis sob medida

A presença de móveis planejados é uma alternativa viável para os cômodos de um imóvel pequeno.

Nesse caso, guarda-roupas do tamanho adequado para o quarto, assim como um armário de cozinha que não ocupa muito espaço, representam saídas viáveis para um melhor aproveitamento de ambiente.

O mesmo vale para a sala de estar, com estantes que comportam apenas os objetos essenciais para o cenário.

Organização adequada dos móveis

O posicionamento adequado dos móveis e objetos é muito importante quando o assunto é organização.

No caso dos móveis planejados, esse posicionamento pode ser feito com mais facilidade, pois eles são feitos sob medida e se adaptam perfeitamente ao local.

Além disso, quando o objetivo é aproveitar o espaço, vale a pena pensar na utilização de itens como o sofá-cama, por exemplo. Eles se destacam devido a sua versatilidade.

O mesmo vale para as camas retráteis, que podem ser utensílios de grande importância para quartos pequenos. Vale destacar também que, graças a uma cama retrátil, durante o dia o quarto pode ser transformado em uma sala de estar.

Estamos na era da compactação

Assim como os móveis grandes não combinam com um ambiente pequeno, os aparelhos eletrodomésticos também. Por isso, a alternativa mais viável é aproveitar a tendência que a tecnologia oferece.

Um exemplo disso são as TVs de LCDs finas, que não ocupam espaço em estantes e podem ser acopladas na parede. Notebooks e tablets, para quem almeja ter mais espaço em cômodos pequenos também são opções plausíveis que substituem computadores desktop.

A importância das cores claras

É consenso entre os decoradores que as cores leves e claras conferem maior noção de espaço em um ambiente.

No entanto, quando o tema é cor clara, não é preciso apostar apenas no branco, já que um ambiente nessa cor pode proporcionar ao espaço onde você mora um aspecto burocrático, de escritório.

Sendo assim, é possível investir em outras cores, porém com tons mais leves, tais como o bege, o cinza claro, o amarelo claro, entre outras possibilidades.  

A utilização de espelhos

E já que o objetivo é estabelecer no ambiente pequeno a ideia de um espaço mais amplo, além das cores claras, o uso de espelhos também é uma boa alternativa para isso.

A disposição correta de espelhos no cenário estabelece mais leveza e sendo assim, a utilização de espelhos nas laterais dos corredores, por exemplo, proporciona bem essa sensação de espaço mais aberto.

No entanto, é válido salientar que manter os espelhos sempre limpos é essencial para isso.

Nada de acumular coisas

Diante da atual tendência de imóveis pequenos, o ideal é manter tudo sempre organizado.

Nesse caso, a acumulação de objetos não é recomendada para quem quer conforto em um imóvel de pouco espaço. Além disso, fica difícil encontrar locais para guardar tantas bugigangas.

Por isso, o excesso de CDs, revistas, jornais, bem como objetos de enfeites e “lembrancinhas”, muitas vezes ocupa espaço demais em lares de cômodos pequenos.

Migre o que puder para o digital

A vantagem é que, nos dias de hoje, os materiais impressos (livros, revistas, jornais) e arquivos audiovisuais (filmes e músicas) podem ser armazenados em computadores, smartphones e outros artefatos modernos. Ou seja, a tecnologia joga a favor de quem quer ter espaço em casa.

A ideia de organização também passa pelo fato de não guardar objetos que não possuem mais serventia. Nesse caso, a opção mais correta é doar ou vender.

A disposição ideal das plantas

Plantas e folhagens são importantes em um ambiente caseiro, pois trazem mais vida, umidificam o ar e também atuam como objetos decorativos.

No caso de imóveis pequenos, as plantas podem ser penduradas no teto ou na parede. Para isso, basta utilizar ganchos apropriados.

No entanto é importante que as plantas sejam colocadas em um local do kitnet onde haja incidência de luz do sol.

Algumas soluções para a cozinha

Em imóveis pequenos a cozinha tem a tendência de ser muito pequena. Por isso, é importar, mais uma vez, apostar na compactação.

O uso de objetos compactos não ocupa muito espaço e deixa o ambiente melhor organizado. Um exemplo é o uso do fogão do tipo cooktop, que conta com dimensões reduzidas.

Além disso, para evitar usar armários grandes, vale pendurar panelas e frigideiras nas paredes, por meio de suportes apropriados.

A utilização de uma mesa que abre e fecha também compreende uma opção viável para otimizar o espaço na cozinha.

Os beliches nos quartos

A busca por mais espaço também é regra nos quartos, por isso a utilização de beliches é uma saída em ambientes pequenos.

Atualmente já é possível encontrar beliches com recursos especiais, que podem ser usados como estantes, mesas, armários, e outras possibilidades. 


Portanto, como podemos ver, se engana quem pensa que um imóvel pequeno é sinônimo de desconforto.

Hoje em dia, quem procura kitnet ou apartamento para alugar, não precisa ficar preocupado diante do espaço reduzido.

Com criatividade, planejamento e organização, é possível garantir um ambiente funcional, bonito e aconchegante.


Gostou das dicas de hoje? Então compartilhe com seus amigos e não deixe de acompanhar nossos próximos artigos.

Guest Post by Chaves na Mão



CONVERSATION

0 COMENTÁRIOS::

Postar um comentário

Faça seu comentário.

PESQUISE este blog

Instagram

@casacommoda