TECIDOS PARA A MODA

Já fiz o post falando sobre a composição e caimento dos  dos tecidos (clique aqui), outro sobre a indicação dos tecido para a decoração (clique aqui) e hoje chegou o dia das indicações dos tecidos usado nas roupas.

A escolha do tecido é uma das partes mais importantes do processo de fabricação de roupas. Quando um tecido é mal escolhido, a peça pode não ficar com o caimento adequado e o resultado acaba sendo insatisfatório. Antes de qualquer coisa é preciso escolher a peça que será costurada, levar em consideração a estação do ano que ela será usada e a ocasião. 



Pontos importantes antes de comprar o tecido:
Estação
Decida em que estação vai usar a roupa. Isso é importante, para poder escolher tecidos mais quentes ou mais frescos. 
Os tecidos ótimos para o verão são tecidos leves feitos de algodão, viscose, seda e linho – como os tricolines, cambraias, voil, gaze, crepes, sarja de algodão e cetim de algodão. Esses tecidos são fresquinhos porque suas fibras absorvem bem o suor e permitem a passagem do ar, além de seus fios serem finos e a trama leve.

Para o inverno, o ideal são tecidos mais quentes e com trama mais pesada. As melhores fibras para isso são as lãs, e até o algodão. Mesclas dessas fibras com as sintéticas equivalentes, como acrílico e poliéster, também são ótimas. 
Todas essas, quando em fios mais espessos, ou tramadas em sarja, mantem o calor do corpo. Vai alguns tecidos invernais: lã, tricô, veludo, boucle, tweed, crepes pesados, flanela de algodão e lã.

Ocasião
Vai usar a roupa para o trabalho, para passear ou para uma festas? Dependendo da ocasião, o tecido deve ter uma aparência diferente.
Para festas, você pode escolher transparências, brilhos, paetês, rendas e bordados, e deve evitar tecidos rústicos e casuais. Os mais usados são: cetim, crepe georgette, crepe chanel, chiffon, musseline, organza, renda, shantung, tafetá, brocado.

Para o trabalho, normalmente escolha tecidos de alfaiataria como lã fria e tropical, ou mesmo a sarja acetinada, que tem um brilho sutil, além de tecidos de inverno como: lã, crepes pesados, tweed e boucle. Para blusas e camisas, use tecidos como tricoline, malhas e cambraia.

Modelo
Esta é a parte mais importante na escolha, pois o caimento do tecido influencia diretamente no resultado da costura. Para chegar ao modelo escolhido, o tecido deve ter as características ideais que o modelo exige. 
Se o modelo é estruturado, o tecido escolhido deve ser mais encorpado e  um pouco rígido. 

Se o modelo é esvoaçante, o tecido tem que ser leve e fluido. O modelo da peça vai refletir as características do tecido utilizado.

Tipos de tecidos
  • Leves e fluidos para roupas esvoaçantes, transparentes e soltas: musseline, crepe georgette, chiffon, gaze, cetim, javanesa, cambraia, tricoline e viscose.
  • Médios que podem ser firmes ou fluidos, para roupas ajustadas, estruturadas, com pregas ou franzidos, estilo alfaiatariachamois, cetim grosso, crepe chanel, flanela, crepe de lã, lã fria, brim, piquet, sarja acetinada, shantung e tafetá.
  • Pesados, para roupas de inverno armadas e com volume: boucle, tweed, alguns tipos de veludo e de lã, tricô, brocado, cotelê, gorgurão e jacquard.

Gostaram das dicas?
Tirei estas dicas do site da escola de moda Sigbol Fashion.
Para ver mais sobre MODA, clique aqui!
Bjo bjo


CONVERSATION

0 COMENTÁRIOS::

Postar um comentário

Faça seu comentário.

PESQUISE este blog

Instagram

@casacommoda