CIMENTO QUEIMADO


Em setembro do ano passado eu fiz um post falando sobre o CONCRETO APARENTE.
Para ler e saber as características deste material, clique aqui!
Hoje vou falar sobre o CIMENTO QUEIMADO.
Diferente do concreto aparente que é um método construtivo, o cimento queimado é um tipo de acabamento.
Ele é um material durável, flexível e de baixo custo. 
Deve ser aplicado por mão de obra especializada para evitar trincas e porosidade.
É necessário o uso de juntas de dilatação a cada 2 metros, para evitar futuras trincas.
Com  a mistura de cimento, areia e água, forma-se uma argamassa que é aplicada sobre a superfície a ser revestida.
Após, esta argamassa deve ser perfeitamente nivelada e queimada.
A palavra queimar neste caso não quer dizer que seja colocado fogo e sim que  é jogado pó de cimento e areia ainda mole e úmida sobre a argamassa. Depois disso é usado uma desempenadeira de aço para espalhar este pó sobre a argamassa e deixar o cimento bem liso.
Ele pode ser usado em pisos, paredes, e até em móveis de concreto. Só que é necessário tomar cuidado, pois molhado ele pode se tornar bem escorregadio.

O CIMENTO POLIMÉRICO é a evolução do cimento queimado. Ele é mais caro, mas não necessita de juntas de dilatação, sua secagem é mais rápida, tem um acabamento mais sofisticado e sua manutenção é super simples. Você vai encontra-lo com o nome de ecnocimento (NS Brazil), Cimento Queimado Pronto (MSE) e Micro Cimento (Edfan).

Vejam algumas decorações com cimento queimado.






Lindo, né?
Eu adoro!
Bjo bjo


CONVERSATION

0 COMENTÁRIOS::

Postar um comentário

Faça seu comentário.

PESQUISE este blog

Instagram

@casacommoda